Menu fechado

Leonardo da Vinci

leonardo da vinci

Leonardo da Vinci: Pintor? Botânico? Cientista? Lenoardo di Ser Piero da Vinci, popularmente conhecido como Leonardo da Vinci, pode ser considerado tudo isso e muito mais. O ariano foi uma das personalidades mais polivalentes que se tem conhecimento. Suas contribuições foram tamanhas tanto no campo da arte como no da ciência. O renascentista parecia ter curiosidade insaciável, fazia diversos experimentos nos dois campos. Revolucionando tanto a arte como quase todos os campos a que destinou seu tempo. Teria sido Leonardo da Vinci a pessoa mais genial que existiu?

Leonardo da Vinci era exigentíssimo, seu desenho representando “O Homem Vitruviano” reflete não só o perfeccionismo do criador, mas também é resultado de seus estudos anatômicos, os quais praticava ao lado de seus discípulos, e também seu apreço pela matemática, pois existem diversas medidas que seguem a razão áurea.

Leonardo da Vinci surgiu na Itália para perpetuar seu nome no mundo. A obra de arte mais valiosa do mundo é de sua autoria, o quadro Monalisa, que se encontra no museu do Louvre, localizado na cidade luz, Paris. Leonardo da Vinci é muito famoso pelo seu lado artístico, tanto que no desenho animado tartarugas ninjas ele é homenageado ao lado dos outros três mais artistas renascentistas: Donatello, Rafael e Michelangelo, sendo que este último é o único artista cujas obras e façanhas são comparáveis a de Leonardo.

A biografia de Leonardo da Vinci

A biografia de Leonardo da Vinci começa na Itália, no décimo quinto dia de Abril do ano de 1452. Na em Florença, numa região que adiante desanexar-se-ia e originaria a região de Toscana. Ele era filho bastardo do relacionamento de Piero da Vinci com a camponesa Caterina di Meo Lippi. A biografia de Leonardo da Vinci não tem muitas informações relevantes sobre o começo de sua infância, que foi vivida ao lado de sua mão até que em certa idade foi morar com o pai. A partir dai que seus talentos começaram a ser notados.

Na adolescência, a biografia de Leonardo da Vinci conta que o jovem foi aceito como pupilo do famoso artista Andrea del Verrocchio, cujo ateliê localizado no núcleo intelectual de Florença permitiu que Leonardo interagisse com a ciência de modo geral, a medicina e técnicas inovadoras que ali se faziam presentes. Sua relação com seu mestre possuía forte alicerce, tanto que ele colaborava com a confecção de quadros e obras que compunham o ateliê de Verrocchio. A biografia de Leonardo da Vinci exprime que aos 20 anos, mesmo após ser aceito como mestre, ele colaborava com seu mentor. Porém, sua arte era de tamanha destreza que aos poucos as encomendas de obras eram feitas diretamente com Leonardo.

Como Leonardo da Vinci ficou conhecido?

Justamente no momento em que começou a auxiliar seu mestre nas obras, Leonardo da Vinci começou a ganhar fama. Muitos diziam que a técnica de Leonardo era superior a do seu mestre. Quando ele foi aceito como mestre, em Guilda de São Lucas, ele passou a receber encomendas que obras de arte, que eram realizadas com maestria, e sua fama começou a propagar-se pela Itália. Até que recebeu um convite para ir a Milão, onde passou muitos anos e criou diversas obras de arte e engenhosos artifícios tecnológicos. Esses artifícios nem sempre eram possíveis de serem idealizados, pois a tecnologia da época não permitiam, até por isso muitas vezes ele é tido como um homem muito a frente de seu tempo.

As obras de Leonardo da Vinci

Dentre as obras de Leonardo da Vinci destacaremos algumas, “A última ceia” é um de seus mais famosos trabalhos, ele representa uma passagem bíblica, mais precisamente a última ceia de Jesus Cristo, na qual ele anuncia a todos os seus apóstolos que um dele o trairia, no caso Judas. A obra foi feita para um projeto de renovação de uma igreja em Milão. Outra dentre as obras de Leonardo da Vinci é “O homem Vitruviano”, que não é exatamente uma obra, mas sim um desenho que acompanhava notas de da Vinci, é feito mediante varias medidas que seguem a razão áurea.

O que Leonardo da Vinci fez?

Leonardo da Vinci fez obras fantásticas, como: Monalisa, A Última Ceia e o Homem Vitruviano (que é um desenho). Estas são apenas as mais famosas, por muitos considerados com valor incomensurável.

O que Leonardo da Vinci inventou?

É atribuído a ele a invenção do tanque de guerra, de andadores aquáticos, do paraquedas e projetos de máquinas que seriam, hipoteticamente, capazes de voar. A bicicleta também é atribuída a ele, mas há controvérsias.

Por que Leonardo da Vince pintou Monalisa?

O real motivo não se sabe, mas há três hipóteses. De que ela é a mulher idealizada por Leonardo; de que ela é a versão feminina do próprio artista e a mais em alta hoje, de que ela era a esposa de um comerciante poderoso na Itália.

As obras de Leonardo da Vinci são bem variadas, porém, sem sobra de dúvidas a mais famosa e mais enigmática é a pintura “Monalisa”, ninguém sabe afirmar quem ela foi, nem mesmo o que ela sente, pois seu sorriso é indecifrável. Não é possível saber se é de felicidade, ironia ou simplesmente um sorriso casual. Várias obras de arte fazem referência e esse quadro, que também é amplamente parodiado. Certamente essa são as obras de Leonardo da Vinci mais famosas.

As invenções de Leonardo da Vinci

As invenções de Leonardo da Vinci também eram bem variadas. O próprio artista dizia-se capaz de arquitetar máquinas, instrumentos e ferramenta. Uma boa parcela de as invenções de Leonardo da Vinci saíram do papel. Como a bomba hidráulica. Porém, várias outras nunca saíram de seus rascunhos e projetos, como por exemplo: suas engenhocas com a finalidade de voar. Muito tempo depois Santos Drummond inventaria o avião, mas Leonardo da Vinci foi capaz de abstrair e ser um dos precursores dessa ideia na primeira metade do milênio passado.

Que boa parte de as invenções de Leonardo da Vinci fizeram sucesso ninguém discute. Mas existe muita polêmica em relação a bicicleta, existem brinquedos de duas rodas e ilustrações de bicicletas mais antigas que Leonardo, porém a arte conceito mais antiga que se tem de uma é justamente a arte conceito de da Vinci. Que ilustrava até o sistema de correntes que não usados ainda hoje em dia. Porém, muitos afirmam que essa invenção não pode ser atribuída as invenções de Leonardo da Vinci.

As curiosidades de Leonardo da Vinci

As curiosidades de Leonardo da Vinci também são bem peculiares. Ele não se dava bem com o seu contemporâneo Michelangelo, tanto que chegou a ser ofendido pelo “pai” de Davi num episódio em que se cruzaram na rua. Outra dentre as curiosidades de Leonardo da Vinci é que ele chegou a ser preso. Sim, quando jovem, Leonardo foi preso acusado de sodomia, porém com ausência de provas ele foi liberado.

As curiosidades de Leonardo da Vinci não param por ai. O artista renascentista era ambidestro, capaz de executar tarefas com as duas mãos, estudos apontam que ele originalmente seria canhoto, todavia ele foi instruído a usar a mão direita ainda muito jovem, o que culmino nele adquirir habilidade com os dois membros. Outra dentre as curiosidades de Leonardo da Vinci é que ele era polímata, que são pessoas capazes de adquirir conhecimentos de diversos temas. Isso ajuda a explicar sua polivalência.

Como Leonardo da Vinci morreu?

Os últimos anos de sua vida foram passados em Clos Lucé, próximo a residência do rei Francisco I, que era uma migo pessoal de Leonardo. A quem diga que nos seus últimos dias, da Vinci tenha pedido para que chamassem um padre, a fim de confessar. Até que finalmente chega o dia 2 (dois) do mês de Maio do ano de 1519, dia em que Leonardo da Vinci veio a falecer. Há quem diga que sua amizade com o rei era tanta que ele morrem com a cabeça nos braços do rei. Seu sepultamento ocorreu na capela de Saint-Hubert, na França.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *